Cuidados com a Terceirização na Gestão de Fretes

Dentro do mercado atual da Logística, no Brasil, é sabido que a terceirização de serviços é um elemento indispensável para a redução de custo e o aumento de produtividade. As vantagens da terceirização são muitas e cada vez mais empresas fazem uso desse tipo de atividade.

Terceirização na Gestão de Fretes

Inúmeros são os benefícios da terceirização, mas existem alguns pontos que devem ser observados, principalmente quando falamos em Gestão de Fretes. Segurança das informações, qualidade do serviço e alinhamento com o negócio, sem dúvida, são os principais pontos de atenção na hora de contratar um provedor desse tipo de serviço. Veja os motivos:

SEGURANÇA DAS INFORMAÇÕES: Quando se trata de Gestão de Fretes, o provedor de serviço tem acesso a informações sensíveis das empresas, como tabelas de preço e dados de embarque. Por isso a necessidade de alinhar cuidadosamente os processos que irão lidar com esses dados e sempre auditar o ambiente na busca de vulnerabilidades com a entrada do novo fornecedor. É importante, também, fazer um contrato de confidencialidade com uma cláusula especifica de segurança e que exija pagamento de multa para incidentes envolvendo os dados corporativos.

QUALIDADE DO SERVIÇO: O provedor de serviço, como qualquer outra empresa, é motivado pelo lucro. Em função disso, muito cuidado com a forma de contratação pois como a maioria dos contratos possuem valor fixo, a única maneira de aumentar o lucro é reduzindo as despesas. Com isso, podemos ter a contratação de profissionais de baixo desempenho e acúmulo de funções, além de ferramentas e processos ineficientes. Em médio prazo, a baixa qualidade do serviço prestado será visível, pois nem sempre o acordo de nível de serviço, com suas metas, papéis e responsabilidades são suficientes para garantir que o serviço será entregue com a qualidade esperada. Assim sendo, é importante selecionar provedores que fazem uso das boas práticas de mercado em suas operações e que mantenham controles rígidos sobre a operação.

ALINHAMENTO COM O NEGÓCIO: É importante que o fornecedor tenha total entendimento sobre o negócio do cliente, entenda quais são seus anseios e suas expectativas quanto a melhoria dos serviços advindos da terceirização. Não são raros os casos em que a comunicação entre os dois lados não é clara e o resultado final não sai de acordo com o que foi projetado inicialmente pelo negócio. No passado, alguns gestores acreditavam que terceirizar a área de logística significava livrar-se da responsabilidade com pessoas e custos diretos. Porém, na prática, não é difícil encontrar situações onde a contratante intervém na operação afim de resolver questões de cunho administrativo e pessoal para manter a operação saudável.

A abordagem desse assunto pela área de negócio requer atenção, paciência e análise criteriosa dos riscos e benefícios

Um abraço.

Rodrigo Fávero

Twitter | Facebook | Linkedin | Site

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s