Gestão de Fretes: É preciso investir em pessoas, processos e tecnologia

Não espere que tecnologias como um sistema TMS resolvam os problemas da sua gestão de fretes e gere resultados instantâneos. Um TMS promete substituir tarefas manuais monótonas, padronizar fluxos de trabalho, controlar os custos e fornecer relatórios de análise, mas com algumas ressalvas e pressupostos.

Processos Pessoas e Tecnologia

Quem busca um TMS está procurando por redução de custo, maior controle das demandas e aumento de eficiência operacional. Redução de custo de frete por meio da conferência de valores cobrados e através de simulações. Aumento da visibilidade para monitorar o desempenho com o apoio de relatórios, KPI’s e Dashboard e processo eficiente com informações consistentes sobre frete, ocorrências e entregas.

Quando pessoas e processos não estão inseridos no contexto da Gestão de Fretes e da implantação do TMS, ocorrem algumas situações que geram ruído e podem atrapalhar o andamento do projeto. A economia de tempo gerada pela automação de tarefas manuais entediantes, como a conferência de fretes, são muitas vezes anuladas pela necessidade de gerenciar as complexidades do sistema, devido à falta de pessoas capacitadas e planejamento de processos antes da implantação. Um esforço de customização extra é necessário para preencher a lacuna entre o que foi prometido e o que é necessário executar, o que complica upgrades para o futuro, gera custos adicionais e muitas falhas, conforme pessoas e processos migrem ou se expandam ao longo do tempo.

Nesse contexto, para obter uma Gestão Eficiente de Frete, é imprescindível uma integração forte entre pessoas, processos e tecnologia. Processos existem para direcionar pessoas. A tecnologia existe para suportar o processo e as pessoas trabalham para impulsionar a tecnologia. É um ciclo eficiente e que se completa para gerar a sinergia necessária para o bom andamento do negócio. Os sistemas de TMS realizam só uma parte do trabalho a fim de melhorar o processo. Para gerar resultados consistentes é necessário, também, possuir processos bem definidos, pessoas capacitadas e tecnologias adequadas.

A fim de ampliar o horizonte que se procura, é necessário buscar agilidade em ambientes de ritmo acelerado e mudanças repentinas, além de coordenação e colaboração inter funcional nos diversos departamentos. A redução de custo é necessária, contudo insuficiente. A agilidade centrada no trabalho da transportadora é o que importa para aumentar a qualidade do serviço para o cliente e gerar um resultado sustentável para todas as partes envolvidas.

Um abraço.

Rodrigo Fávero

Site | Linkedin | Twitter | Facebook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s